segunda-feira, outubro 14Campos Altos - Minas Gerais - Brasil

Circuito Mineiro de Cafeicultura em Campos Altos

No dia 22 de maio, foi realizada a Etapa Campos Altos do Circuito Mineiro de Cafeicultura. O evento, que tem como objetivo reunir produtores do agronegócio para discutir as novidades da cafeicultura, tendo a participação de cerca de 300 pessoas dentre eles produtores rurais, estudantes, técnicos e público geral. A expressiva produção, comercialização e exportação de café no município é a principal fonte de arrecadação de impostos, geração de empregos e fonte de renda das famílias e imigrantes de outras regiões do país. O circuito foi realizado na sede do Rotary Club Internacional de Campos Altos, a partir das 18h.

Após a abertura do evento, foi ministrada palestra de Rodrigo José Muniz, consultor técnico do Projeto Educampo, do SEBRAE, a respeito dos desafios dos cafeicultores em momentos de crise. Em seguida, o Engenheiro Agrônomo e Coordenador Estadual de Culturas da Emater, Sérgio Brás Regina, tomou a palavra para falar de “Qualidade de Café e Associativismo”, também dando ênfase às questões da produção cafeeira. Ambas as falas tiveram 50 minutos de duração.

Após o round de palestras, foi aberto um espaço de diálogo com o público. Os dois palestrantes dispuseram-se a responder as dúvidas dos participantes, propondo a interação e disseminação de conhecimentos.

O circuito também contemplou a entrega da premiação do concurso de redação aos alunos da Escola Estadual Padre Clemente de Maleto. Os alunos do ensino médio da rede de ensino pública autores das três melhores redações com o tema “O CAFÉ NOSSO DE CADA DIA” receberam prêmios e foram ovacionados pelo público.

O encerramento da etapa do Circuito de Cafeicultura em Campos Altos teve um sabor especial. Foram degustados os pratos típicos à base de café produzidos no curso  de receitas com base no quarto volume do livro “Delícias do café”, uma coletânea de receitas lançada em 2018 pela Emater, de autoria da extensionista de Bem-Estar Social Marina de Castro Barbosa. A capacitação das receitas fez parte da programação do evento e foi realizada simultaneamente.

A etapa Campos Altos do Circuito Mineiro de Cafeicultura foi realização da Emater – MG, da EPAMIG, do Sindicato dos Produtores Rurais, da Prefeitura Municipal e da Cooperativa Agropecuária de Campos Altos. Além disso, contou com o apoio de parceiros como o Ministério de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), do Insituto Mineiro de Agropecuária (IMA) e do Sicoob Crediagro.

Segundo o técnico da Emater de Campos Altos, Cleilton Ribeiro da Silva, a cada edição, o evento engrandece mais. “É um momento de grande importância para capacitação, integração, trocas de experiências e confraternização dos principais agentes da cadeia produtiva do café, e o mais importante: o produtor. A cada ano o evento se torna mais robusto e pujante, este ano com a participação da comissão organizadora, se tornou um evento conjunto, cooparticipativo com toda comunidade”, comenta.