quarta-feira, agosto 21Campos Altos - Minas Gerais - Brasil

Morceguinho ou seca de ramos laterais secundários em cafeeiros

Uma constatação estranha, que ocorre em cafeeiros, é a morte de ramos secundários, que saem dos laterais primários, os quais pendem pra baixo e secam. Por ficarem secos/negros e pendurados receberam o apelido de morceguinhos, pois ficam semelhantes a esses animais, que sabemos são escuros e dormem pendurados.
Na planta de café ocorre o dimorfismo na ramagem. Existem os ramos ortotrópicos, que formam o tronco principal e, eventualmente hastes adicionais e os plagiotrópicos, também chamados de ramos laterais ou produtivos, pois nestes, apenas, é que ocorrem os processos de floração e frutificação.
Os ramos laterais primários, os que saem diretamente do tronco, podem dar origem, por gemas neles existentes, a ramos laterais secundários, o que é uma característica desejável, pois aumentam a área da ramagem produtiva. Estes secundários formam um tipo de palmetamento.
No campo, eventualmente, pode-se encontrar os morceguinhos em lavouras de café, sempre naquelas com cafeeiros adultos, já em produção. Pequenos ramos secundários, ainda finos e com cerca de 15-20 cm de comprimento, aparecem, inicialmente, com sua inserção nos laterais primários bem flexível, podendo-se movimentar estes ramos de um lado pra outro, como se tivessem uma junta maleável na sua base. Estes ramos aparecem murchos e, logo, em seguida, secam e ficam pendidos pra baixo, com folhas secas sempre neles retidas, em numero variados por planta e presentes, mais comumente, na parte ou terço superior das plantas.
Ao se examinar os ramos secos pendidos, ao mesmo tempo em que observa o conjunto da ramagem e folhagem das plantas com esses morceguinhos, não se constatam quaisquer sintomas de pragas ou doenças que poderiam estar provocando a morte dos ramos. Uma pista pra identificar a causa provável é que essa morte só vem ocorrendo em ramos laterais primários que apresentam produção e, justamente, no período de frutificação mais adiantada, com frutos verdes em granação. Em face dessa constatação, e, ainda, notando esses ramos secundários secos, em sua grande maioria, saem dos ramos laterais primários junto às rosetas de frutos, formulou-se uma hipótese de morte por estrangulamento desses ramos morceguinhos, seja por efeito mecânico ou por enfraquecimento na área de inserção desses ramos nos primários. Pode, ainda, haver um efeito dreno mais forte dos frutos, reduzindo a circulação de reservas para estes ramos. Após o enfraquecimento na junta que liga os ramos aos primários, é possível que a ação de ventos ajude na ruptura final da ligação.
Fica, assim, relatada e descrita a forma de ocorrência dos morceguinhos, sendo formulada a causa mais evidente do problema, ficando, assim, a matéria disponível para novas observações sobre essa anormalidade.

Pode-se ver como aparecem nos cafeeiros os morceguinhos, ou seja, ramos laterais secundários secos/mortos e pendidos, saindo dos laterais primários.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

J.B. Matiello
Eng Agr Fundação Procafé e Salvio Gonçalves
Eng Agr Consultor em Cafeicultura.