domingo, dezembro 15Campos Altos - Minas Gerais - Brasil

Câmara de Vereadores homenageia jovens mortos em acidente na BR 262

Luto, dor e indignação… A partida dos jovens atletas que abalou Campos Altos.

Campos Altos vive momentos de profunda dor com a inesperada morte de parte dos atletas do time de futsal GC Camposaltinho; Elimar dos Santos Nascimento, Marcus Vinicius Rocha de Oliveira, Ricardo Ferreira Máximo e os irmãos Danilo Henrique de Andrade e Rodrigo Adriano de Andrade, campeões da Copa Campos-Altense de Futsal um dia antes do trágico acidente.

A Câmara Municipal decretou luto oficial de três dias no âmbito do legislativo em respeito e solidariedade às famílias e entregou a Moção de Pêsames a Equipe GC no dia 21 de novembro em sessão ordinária na Casa Legislativa. Os vereadores fizeram sua homenagem manifestando condolências à equipe do GC e às famílias dos jogadores. Adamilson Costa, técnico do time, recebeu a homenagem em nome do time e com profunda tristeza desabafou que gostaria de ter recebido uma homenagem com o time completo, todos ainda em vida e pediu aos vereadores para dar mais apoio ao esporte.

A partida trágica e inesperada dos jovens levantou novamente a questão da duplicação da rodovia BR 262, em que se houvesse o trecho duplicado, não haveria colisões frontais e tantas mortes. No dia 14 de novembro, outro campos-altense deixou a família, Uanderson Faria também faleceu vítima de acidente na BR 262. A população se uniu a autoridades eclesiásticas (Pe. Adelson e Pr. Emerson) e autoridades políticas (Prefeito Paulo Almeida, vereadores, Deputado Bosco e Prefeito John Wercollis da cidade de Pratinha) para manifestações na praça de pedágio na rodovia Br 262 e também no trevo de acesso a Campos Altos para reivindicar da concessionaria Triunfo Concebra a abertura das cancelas do pedágio e a duplicação que deveria ter sido concluída neste ano de 2019. A manifestação teve a presença da Policia Rodoviária Federal que garantiu a segurança do trânsito na rodovia. Porém,  muitos ficaram indignados com a liminar deferida em desfavor dos manifestantes.

No mês de julho, o vereador Luciano Haroldo havia usado a tribuna parlamentar para desabafar sobre a sua indignação com os frequentes acidentes e mortes ocorridas na BR 262, que provavelmente poderiam ser evitados se a Triunfo Concebra tivesse cumprido o contrato e duplicado a rodovia como deveria. Foi enviado pelos vereadores Moção de Repúdio à concessionaria Triunfo e mais de vinte ofícios a deputados federais pedindo apoio nesta luta para interceder junto a ANTT – Agencia Nacional de Transportes Terres-tres, que está incumbida de supervisionar o contrato com a Triunfo Concebra para que medidas sejam tomadas para o cumprimento do contrato.

Deixe uma resposta