domingo, dezembro 15Campos Altos - Minas Gerais - Brasil

Estudantes de Campos Altos na Olimpíada da Língua Portuguesa

CAMPOS-ALTENSES QUE BRILHAM

Alunos de Campos Altos participam da etapa semifinal da Olimpíada da Língua Portuguesa em São Paulo

Três alunos da Escola Estadual Padre Clemente de Maleto foram classificados para a etapa semifinal da Olimpíada da Língua Portuguesa e participaram durante quatro dias de oficinas em São Paulo. Hugo Eduardo Nunes da Costa, Rafael Ferreira dos Santos e Weyda Phydelis Moraes Ribeiro produziram um documentário sobre Campos Altos que foi um dos 63 escolhidos entre mais de 8 mil em todo o Brasil.

A Olimpíada é um concurso de redação realizado de dois em dois anos e está em sua 6ª edição. É promovida pela fundação Itaú Cultural e tem como parceiros o MEC e a Fundação Roberto Marinho, entre outros. O projeto abrange alunos do Ensino Fundamental e do Ensino Médio de escolas públicas de todo o Brasil. Neste ano participaram 42.086 escolas de 4.876 cidades.

A novidade desta edição da Olimpíada foi a introdução do gênero “documentário” para os primeiros e segundos anos do Ensino Médio. Até então, somente textos escritos – poemas, crônicas e artigo de opinião – concorriam.

Diversas oficinas foram ministradas na escola e dentre 36 filmes locais, a comissão escolar de avaliação escolheu “Campos Altos” para ser enviado. Uma vez classificado, o trio realizador viajou para São Paulo, participou de oficinas de audiovisual e de passeios culturais pela capital paulista.

Mais do que conhecer São Paulo, Hugo, Rafael e Weyda viveram experiências enriquecedoras durante o evento. Aprenderam técnicas de filmagem, de escrita de sinopses e roteiros cinematográficos, edição de filmes e conheceram jovens de todas as regiões do Brasil.

Esta é a segunda vez que a E. E. Padre Clemente de Maleto se classifica na Olimpíada. Em 2009, o aluno João Paulo e a professora Edna Carvalho também participaram da etapa semifinal.

Em 2021 tem mais e os professores de Língua Portuguesa já se mobilizam para poderem proporcionar esta experiência importantíssima na formação dos estudantes campos-altenses.

Deixe uma resposta