terça-feira, maio 26Campos Altos - Minas Gerais - Brasil
Shadow

Câmara retorna do recesso parlamentar

Vereadores voltam do recesso parlamentar e votam Projeto de incentivo à Saúde e custeio da Associação Protetora dos Animais

Os vereadores retomaram os trabalhos do legislativo no dia 3 de fevereiro com a realização de sessões extraordinária e ordinária para a votação de projetos de interesse do município. Já na primeira sessão do ano foi aprovado pelos vereadores o Projeto de Lei da melhoria da saúde e convívio em sociedade da população da melhor idade Projeto “Corpo e Mente” e também o Projeto de Lei sobre a celebração de Termo de Fomento com a Hope – Associação Protetora dos Animais, no valor de R$ 50.000,00; que autoriza o município por meio de transferência de recursos financeiros para pagamento de despesas de manutenção e custeio da entidade que cuida dos animais. Ambos os projetos foram aprovados por todos os vereadores.

O vereador Luciano Haroldo, em tribuna parlamentar, trouxe um assunto que tem incomodado a população há alguns meses, a coleta de lixo no município. O vereador solicitou algumas informações ao Prefeito e à empresa responsável Ponto A, através do Poder Executivo, sobre as falhas no serviço prestado em 2019 (os dias em que o caminhão não recolheu o lixo);  a necessidade da coleta seletiva e descarte próprio para pilhas, baterias e lâmpadas; um cronograma fixo de horários para recolhimento do lixo em cada bairro e que vão realmente cumpri-lo e reposição mecânica e humana, ou seja, a possibilidade de contratação de mais funcionários e mais um caminhão para atender a demanda do município. O vereador Luciano também pediu a relação de funcionários contratados pela empresa no município e cópia ou comprovantes de: carteira assinada, concessão e pagamento de férias, atestados médicos quando foi necessário, de acordo com os direitos trabalhistas dos funcionários contratados pela Empresa Ponto A. Os demais vereadores também comentaram sobre o assunto e demonstraram insatisfação com a empresa, principalmente no modo como tratam os garis, que trabalham sem os equipamentos de proteção individual (EPIs), expostos a riscos. Não possuem luvas e calçados adequados, máscaras e nem capa de chuva.

O assunto se estendeu também pela vereadora Cléia na 3ª sessão ordinária que na tribuna parlamentar desabafou em defesa dos garis e sugeriu aos vereadores se unirem junto ao Prefeito e cobrar soluções imediatas para os funcionários da empresa Ponto A Locações. A vereadora Cléia também divulgou uma série de fotos, enviadas pelos moradores, indignados com o descaso do Poder Executivo principalmente com os Bairros: Campos Verdes, Residencial Rosária Fernandes, Nossa Senhora Aparecida, Camposaltinho, Santa Teresinha; pela quantidade de buracos nas ruas, sujeira e mato nas calçadas, cavalos soltos na rua, mal tratados, que comem e espalham o lixo, uma situação de risco para os próprios animais.

(colocar expediente)

Deixe uma resposta