segunda-feira, abril 12Campos Altos - Minas Gerais - Brasil
Shadow

COVID-19: Prefeitura de Campos Altos manifesta interesse em comprar doses da vacina russa Sputnik V

O Prefeito de Campos Altos, Paulo Almeida, assinou no dia (19/03) um documento manifestando interesse na compra de doses da vacina Sputnik V contra a Covid-19. O oficio de intenção foi enviado ao representante do imunizante no consulado da Russia em Minas Gerais e leva em consideração os avanços da pandemia. Em fevereiro, o STF autorizou que estados e municípios negociem a compra de vacinas.

O Prefeito Municipal de Campos Altos destaca que o município busca todas as alternativas para um tratamento digno, baseado no que diz a ciência, e procura imunizar os cidadãos para impedir mais contaminações. “Agradeço a todos (as) pelo reconhecimento de nossos esforços no sentido de cumprirmos com a nossa obrigação, em fazermos tudo que estiver ao nosso alcance, no sentido de proteger toda a nossa população! Inclusive já assinamos documento e encaminhamos ao BUTANTAN, oficializando nosso interesse em comprar as VACINAS para imunizar o nosso povo, agora enviamos outra intenção ao consulado russo no Brasil. Lembramos ainda que também, estamos unidos aos Prefeitos (as) da nossa Associação dos Municípios, procurando possibilidades de comprarmos em conjunto” informou o Prefeito Municipal.

O Secretário Municipal de Saúde, Elias Borges, também destacou o trabalho realizado para proteger a população contra o Coronavírus: “desde o começo da pandemia, o Município de Campos Altos tem tomado inúmeras ações para proteger a população da Covid-19. Com a autorização do STF, sinalizamos a nossa intenção de adquirir doses para vacinar toda a população contra a doença, garantindo uma retomada segura das atividades e da economia, bem como reforçando nossa preocupação com a vida do povo de Campos Altos”. Finaliza o Secretário Municipal de Saúde.

A Sputinik V, segundo publicação do periódico The Lancet, atingiu a eficácia de 91,6% contra o vírus e 100% na prevenção contra casos graves e mortes.

Deixe uma resposta