quinta-feira, janeiro 27Campos Altos - Minas Gerais - Brasil
Shadow

Vereadores encerram trabalhos do legislativo do ano de 2021

A última sessão ordinária do ano foi realizada dia 13 de dezembro e na sessão foi votado o Projeto de Lei de iniciativa do Vereador Waltair Geladeira que torna obrigatória a divulgação dos horários de trabalho dos dentistas que prestam serviços para o Município de Campos Altos e em qual unidade de saúde devem atender, e também foram votados três requerimentos a serem encaminhados ao Prefeito Paulo Almeida de autoria da Vereadora Elquy:

1º. se existe a possibilidade de criação de um Fundo Municipal de Proteção Animal com o objetivo de viabilizar uma maior captação de recursos destinados à execução de políticas públicas voltadas à proteção animal.

2º. como foram aplicados os recursos enviados ao Município de Campos Altos no ano de 2020 pelo Deputado Federal Fred Costa, apresentando um descritivo detalhado da aplicação da(s) emenda(s) no valor total de R$ 450.000,00.

3º. se o Executivo estaria disposto a receber uma emenda parlamentar do Deputado Fabio Avelar, no valor de R$ 250.000,00 (duzentos e cinquenta mil reais), a ser aplicada na aquisição de equipamento de vídeo monitoramento (olho vivo).

O Projeto de Lei foi aprovado e aguarda sanção do prefeito, e os requerimentos também aprovados pelos vereadores aguardam o retorno do chefe do Executivo.

O Presidente da Casa de Leis, Vereador Jonnas fez uso da tribuna parlamentar para agradecer na última sessão ordinária do ano de 2021 aos membros da Mesa Diretora e aos demais vereadores pelo apoio e parceria na condução dos trabalhos durante o ano. Agradeceu também aos servidores que cada qual dentro de sua função desempenhou com responsabilidade e entusiasmo o seu trabalho, estando sempre a disposição de todos os vereadores; desejou que Deus ilumine as decisões da nova Mesa em 2022 e que seja um ano de muitas realizações para toda a população e também para a Câmara Municipal, prefeitura e suas secretarias, em que o desenvolvimento da cidade seja sempre colocado como meta principal.

O Vereador “Irmão Flavinho” também aproveitou a tribuna para falar de seu trabalho na casa de recuperação aos dependentes químicos, aos desabrigados, fundada em 6 de janeiro de 2008. O Vereador respondeu alguns questionamentos feitos na tribuna popular da sessão anterior e esclareceu que a casa não é uma clínica terapêutica, e, portanto não tem por obrigação ter à disposição dos internos médicos, psiquiatras, psicólogos e etc. O abrigo é uma associação registrada, possui CNPJ, contador registrado, estatuto e diretoria, legalmente de acordo com a lei, no qual já passaram por lá mais de 300 pessoas, dentre eles, viciados em álcool, drogas, andarilhos, e a maioria se recupera, são inseridos novamente na sociedade para um novo começo.  

A casa de recuperação “Projeto Bom Samaritano” acolhe atualmente oito pessoas que necessitam de ajuda, sem custos nenhum ao interno e sua família. O projeto sobrevive de doações dos frequentadores da Igreja Assembleia de Deus Missão Ágape e de pessoas que também abraçaram essa causa com o “Irmão Flavinho”, responsável pelo abrigo. O vereador ainda ressaltou que não tem contas a prestar, pois desde a fundação do projeto nunca receberam recurso público. Foi indicado pelo Vereador Gordo uma emenda parlamentar ao Projeto Bom Samaritano no valor de R$ 20.000,00 viabilizada pelo Deputado Estadual Mário Henrique Caixa, porém o recurso ainda não foi recebido, assim como as emendas impositivas indicadas pelos vereadores ao orçamento municipal para o ano de 2022, da qual o Vereador “Irmão Flavinho” e a Vereadora Dulce escolheram o Projeto Bom Samaritano. O Orçamento Impositivo ou Emenda Impositiva, é o instrumento pelo qual os vereadores podem apresentar emendas à Lei Orçamentária Anual (LOA) destinando recursos do Município para determinadas obras, projetos ou instituições. O valor foi de R$ 40.930,00 para Vereadora Dulce e para o Vereador “Irmão Flavinho” destinar ao projeto. Este recurso, se aprovado pelo Poder Executivo, será pago em 2022.

O Projeto conta também com atendimento psicológico mesmo não sendo obrigado, do voluntário Marco Antônio, Psicólogo credenciado que atende no CRAS.

Ainda nesta sessão foram homenageados os irmãos Uilton e Cleiton. Nascidos e criados no povoado de São Jerônimo dos Poções, distrito de Campos Altos, a música é a paixão dos irmãos desde criança, e a felicidade para esta jovem dupla de cantores se resume quando estão nos palcos. Tiveram dificuldades, mas estão empenhados a conquistar seus sonhos por amor a música. Há doze anos os irmãos Uilton e Cleiton deram início a carreira da dupla e se apresentam em toda região fazendo shows levando o nome de Campos Altos além das divisas camposaltenses.

Em reconhecimento ao talento e perseverança da dupla, o Vereador “Gordo do Camposaltinho” indicou esta Moção Honrosa, homenagem aprovada por todos os vereadores.

Deixe um comentário