quinta-feira, outubro 18Campos Altos - Minas Gerais - Brasil

Colunistas

Júnior de Lima – Anjos do Senhor

Colunistas
Confie em Deus, pois a tempestade vai passar Os nossos dias são cercados de altos e baixos, situações que nos deixam tristes, outros acontecimentos que nos trazem alegrias, mais em tudo temos que confiar e dar Graças a Deus. Vivemos num mundo totalmente desordenado onde as pessoas perderam o sentido da vida e o equilíbrio. A falta de amor entre as pessoas, a ganância, a auto suficiência são alguns dos indicadores que nos levam a um cenário de inversão de valores, causando um grande vazio existencial nas pessoas e levando a várias doenças espirituais e materiais. Hoje caímos num ciclo vicioso de auto piedade, onde achamos que somos inferiores, que somos coitados, temos uma forma de reclamar de tudo, não temos o hábito de agradecer, de valorizar o que temos, principalmente a força e as b
Carlos Carvalho

Carlos Carvalho

Colunistas
Quem será o próximo presidente? Dada a largada para as Eleições, e diante dos candidatos que se apresentam para o pleito eleitoral, parece-me que estamos numa “sinuca de bico”, se entende o trocadilho. Ou seja: “num beco sem saída”, com poucas opções ou quase nenhuma de escolha para o próximo presidente de nossa nação. Serão dose candidatos, e poderá ser treze se o Partido dos Trabalhadores anunciar realmente o seu verdadeiro candidato, pois o já anunciado está preso e não pode concorrer. Mas a quantidade não resulta em “qualidade”. Nenhum dos candidatos tem a unanimidade do eleitorado. Nenhum deles carrega em seu histórico de vida pública as características que a maioria da população brasileira deseja para o seu próximo presidente. Outro fator de confusão do eleitor são as ideolo
Onofre Ribeiro

Onofre Ribeiro

Colunistas
2013 a 2018 Em: 15/08/2018  Em julho de 2013 grupos de estudantes invadiram inesperadamente as ruas da cidade de São Paulo em manifestação contra um aumento de 20 centavos nas passagens de ônibus. Enfrentaram a polícia e deram "um baile" nos policiais em absoluta ordem. O primeiro dia deixou atônitas todas as autoridades do país porque não havia comandantes do movimento. Nos dias seguintes o governo perdeu a noção do movimento. Habituado a lidar com movimentos comandados pelas centrais sindicais ou sindicatos e MST, etc. o governo não soube compreender as manifestações. No fim da primeira semana a presidente da República de então juntou os presidentes da Câmara dos Deputados e do Senado, do Supremo Tribunal Federal e os ministros fortes do governo. Veio a público em rede de televisã
Carolina Guimarães

Carolina Guimarães

Colunistas
O frio chegou... A palavra frio   se veste de roupagens diferentes, dependendo da circunstância. Múltiplas palavras se vestem de roupagem diferente, em circunstâncias diferentes. Agora, neste mês de maio, estamos vivenciando um frio sem enfeites, sem colorido, sem nuances.   Friiiiiiiiiiiiiiiiio   mesmo.  É o assunto dos noticiários. Se encontramos alguém no mercado, nas filas de banco, na rua, a primeira frase que falamos ou ouvimos é: “ mas que frio, hein?!” Faça o teste e constate você mesmo. Somos privilegiados.   Temos casa e quarto confortáveis e cobertores quentinhos nos aquecem no escuro da noite... Já os moradores de rua... não dá nem pra imaginar o que eles passam... Como as palavras se vestem de roupagem diferente, em circunstâncias diferentes, imagino alguns